CONTATOS, INCLUSIVE ASSESSORIAS DE IMPRENSA:
FALE CONOSCO!

Navegue à vontade

Na coluna à direita, logo abaixo das postagens preferidas do leitor, está o ZAPPING. Através dele você tem acesso direto às noticiais do dia, nacionais e internacionais, além de informações sobre quase tudo. ZAPPING. Uma central de notícias e entretenimento em que você escolhe o que quer.

2 de maio de 2011

O BLOQUEIO DOS PATROCINADORES DO VÔLEI

sem_bloqueio cópia

Excepcionalmente nesta semana, a coluna muda de nome, ainda que informalmente. Vira Sem Bloqueio, até porque o assunto em pauta é vôlei. Na verdade, os bastidores do vôlei. Nos dois últimos finais de semana tivemos as finais da Superliga, o maior torneio inter-clubes da modalidade no país. Entre os homens, o grande campeão foi o Sesi, comandado pelo técnico Giovane Gavio. O Unilever, do técnico Bernardinho, ficou com o título feminino.

giovane_bernardinho

No entanto, o grande assunto dessas finais foi levantado (sem trocadilhos) por uma personalidade ligada ao futebol.

MN_prg

Em seu programa de rádio, na Bandeirantes, Milton Neves (à esquerda) fez críticas à Rede Globo pelo fato de a emissora não citar o nome das patrocinadores dos clubes de vôlei durante suas transmissões.

Na decisão masculina, um dos finalistas, o Sada/Cruzeiro, virou simplesmente Cruzeiro.

Unilever x Sollys, finalistas da Superliga feminina, foram rebatizados de Rio de Janeiro e Osasco. 

sportv

A Sportv, que mostra as competições na íntegra, segue a mesma determinação da Globo, à qual está ligada empresarialmente, e também omite o nome dos patrocinadores.

esporte_interativo

O canal Esporte Interativo, com quem a Globo compartilhou os direitos de transmissão, seguiu a mesma linha

MN_RB

“É Sada. Tem que falar Sada, então. Aí chamam só de Cruzeiro e o Sesi é Sesi”, disse Milton. Em 2007, o mesmo Milton escreveu em seu blog sobre a postura do narrador Luís Roberto, da Globo, durante a transmissão da final da Superliga masculina daquele ano. “(...) várias vezes ele ia se referir corretamente ao time paulista como ‘Banespa’ e sempre tinha que trocar para ‘São Bernardo’”.

Milton acha que a atitude da Globo prejudica o retorno de visibilidade na mídia das empresas que investem no vôlei. Nesse ponto, ele está certo. No entanto, existe o outro lado da moeda para o qual ele não atentou. Muitas empresas que hoje impulsionam o voleibol brasileiro acham que apenas isso basta e deixam de lado a publicidade nas mídias: jornal, rádio, televisão, revista, internet, rádio web, entre outros.

Para ilustrar trago o exemplo dado por Juca Kfouri durante uma palestra no Centro Cultural Candido Mendes, que depois se transformou no livro “Imprensa ao Vivo”, da Editora Rocco, publicado em 1989. O jornalista contou um caso ocorrido quando era editor da Placar, numa época em que a revista estava fazendo uma reforma editorial e desejava ampliar sua cobertura dos esportes olímpicos. “Queríamos aproveitar o boom do vôlei, do basquete, do tênis para atingir a um público mais qualificado”. Com isso, segundo ele, a idéia era atrair mais anunciantes. Ledo engano.

bernard

Kfouri completa:  “Cansei de ouvir os contatos publicitários de Placar contarem que tinham ido ao Bradesco e o Antonio Carlos de Almeida Braga, que então era o presidente do banco, dizia: ‘Mas por que eu vou anunciar na sua revista se ela é obrigada a abrir uma página dupla belíssima com o Bernard “cortando” e o nome Bradesco aparecendo?”

O caso descrito acima é dos anos 80. Contundo, ele é recorrente e continua a acontecer, com outros veículos e outras empresas. Solução para isso? Dificilmente teremos, até porque são muitos os interesses envolvidos.

Para ler mais artigos do mesmo autor, no FG-News, clique aqui.

Acompanhe também os textos sobre futebol deste colunista no site de cultura pop Laboratório Pop:http://www.laboratoriopop.com.br/geral

Você pode ouvi-lo também nas jornadas esportivas da equipe Expressão da Bola: http://www.expressaodabola.com.br

Imagens: www.blogs.estadao.com.br / www.blogborgesjunior.zip.net www.sovoleibol.blogspot.com / http://terceirotempo.ig.com.br/ / www.audienciadatv.wordpress.com / www.tvgloboaovivo.blogspot.com / www.brasileconomico.com.br / www.audienciaetv.com / www.futebolinterior.com.br / www.nipobrasileiro.wordpress.com